Links de Acesso

Nuno Gomes Nabian nomeado primeiro-ministro da Guiné-Bissau


Nuno Gomes Nabian

O primeiro vice-presidente da Assembleia Nacional Popular e presidente da Assembleia do Povo Unido - Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB), Nuno Gomes Nabian, foi nomeado nesta sexta-feira, 28, primeiro-ministro da Guiné-Bissau pelo autoproclamado Presidente Úmaro Sissoco Embaló.

O decreto 02/2020 foi assinado momentos depois de, noutro decreto, Embaló ter demitido o primeiro-ministro, Aristides Gomes, e seu respetivo Governo.

Úmaro Sissoco Embaló, que tomou posse ontem numa cerimónia que o próprio considerou simbólica, disse ter ouvido os partidos políticos no Parlamento e o Conselho de Estado.

O PAIGC, partido mais votado nas legislativas de Março de 2019, liderava o Governo, integrado também pelo APU-PDGB de Nuno Gomes Nabiam.

Candidato derrotado em 2014 por José Mário Vaz, Nabian concorreu às presidenciais de Novembro, mas não passou à segunda volta, tendo apoiado Embaló e aberto uma crise com os vice-presidentes do se partido que apoiaram Domingos Simões Pereira.

Antes de ter sido demitido, o primeiro-ministro Aristides Gomes, disse no Facebook que os militares tinham tomado algumas instituições do Estado.

Fontes em Bissau disseram à VOA haver uma intensa movimentação de militares em carros na capital e que as emissões da rádio e televisões públicas foram suspensas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG