Links de Acesso

Niger: Jihadistas 'circulam livremente' apesar do estado de emergência 


Parlamentares pedem reforço militar

Os jihadistas por trás de uma onda de ataques na vasta região de Tillaberi do Níger operam livremente, apesar do controlo rígidos, disse um grupo de parlamentares locais, na sexta-feira, 20.

Para combater ataques crescentes, o Níger declarou um estado de emergência, proibiu o movimento de motorizadas, regulou a venda de combustível e encerrou mercados suspeitos de alimentar grupos armados, disseram.

Apesar disso, "ataques e bombardeamentos direcionados continuam", disseram os parlamentares acrescentando que "há ameaças muito fortes a várias aldeias onde os terroristas de todos os tipos circulam livremente dia e noite sem serem incomodados".

Deslocados de guerra no Niger encontram abrigo em Maiduguri, na Nigéria
Deslocados de guerra no Niger encontram abrigo em Maiduguri, na Nigéria

O grupo de parlamentares da região de Tillaberi Ocidental, no Oeste do Níger, pediu medidas de segurança ainda mais firmes na área de "três fronteiras" entre o Níger, Mali e Burkina Faso, que tem sido, por anos, o cenário de ataques sangrentos de suspeitos jihadistas.

Camelos e bicicletas

Tillaberi está a ter "um recrudescimento de ataques terroristas: esses assaltos armados, muitas vezes realizados em motos, resultaram em centenas de mortes de civis e militares, bem como muitas pessoas feridas e deslocadas internamente", escreveram os parlamentares no seu comunicado.

Em um mês, 98 civis e 19 políciass foram mortos em apenas três distritos da região, disseram.

O mais recente massacre foi, esta semana, na aldeia de Darey-daye, onde 37 pessoas, entre elas quatro mulheres e 13 menores, foram mortos, de acordo com um relatório oficial.

Os deputados pediram ao Governo mais militares, em particular os da força aérea, para travar os ataques.

Os atacantes agora operam até "em camelos e bicicletas" e depois "desaparecem muito rapidamente para o selvagem", revelaram os parlamentares, acrescentando que graças aos seus "cúmplices" locais, eles são "bem informados" sobre os movimentos dos militares. "

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG