Links de Acesso

Namibe: Pais protestam contra "propinas" nas escolas


Pais e encarregados de educação na província angolana do Namibe estão em pé de guerra contra a cobrança de “propinas” para as matriculas escolares em curso na província.

Namibe: Pais em pé de geurra contra propinas nas escolas - 2:26
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:26 0:00


As “propinas” variam entre os 3.000 e 3.5000 Kwanzas, disse os encarregados de educação que firsaram que de acordo com a lei isso é ilegal.

A lei prevê o ensino gratuito para o ensino primário e primeiro ciclo.

Bernardo Singa Vimbanda, activista comunitário no Namibe é de opinião que as autoridades governamentais devem esclarecer esta situação que contradiz cas recentes declarações da Ministra da Educação.

“A Ministra disse que as matriculas são gratuitas, então se a máxima disse que as matriculas são gratuitas porque é que as escolas não acompanham?”, questionou Singavimbanda exigindo explicações do Director Provincial da Educação.

O director do Gabinete da educação Valério Arcanjo confirma que o ensino em Angola é gratuito mas disse que muitas das “comissões” se devem a acordos entre as escolas e os pais dos alunos que acordaram em participar com valores para suprir dificuldades financeiras das escolas.

Mas Arcanjo fez notar que “para ser cobrada a comparticipação, tem que haver presença dos membros das comissões de pais e encarregados de educação”.

O Jurista Daniel António diz haver inconstitucionalidade nas cobranças ilegais nas escolas.

“ Não há nenhum documento que orienta cobranças nas escolas, a lei de base do ensino estipula que o ensino primário é gratuito”, reagiu o jurista que admite poder haver actos de responsabilização criminal aos responsáveis pelas cobranças.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG