Links de Acesso

Números de pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos são os mais baixos em um ano


Aviso de contratação

Taxa de desemprego continua alta e patrões reclamam falta de mão-de-obra

O número de novos pedidos de subsidio de desemprego caiu pela quarta semana consecutiva nos Estados Unidos, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira, 27.

Na semana passada, 406 mil pessoas pediram o subsidio, o número mais baixo desde meados de Março de 2020, dando assim sinais de revitalização da economia.

Mais da metade dos adultos já foi totalmente vacinada contra o coronavírus, impulsionando, assim, a recuperação económica, embora o ritmo da vacinação tenha caído nas últimas semanas.

Entretanto, a queda contínua do número de pedidos de subsídio de desemprego pode pressagiar novos empregos, mas os patrões apenas contrataram, 266 mil pessoas no mês de Abril, abaixo do número robusto de 916 mil em Março.

Quase 10 milhões de pessoas permanecem oficialmente desempregadas nos EUA.

Apesar da recuperação estável, muitas empresas têm relatado uma falta de trabalhadores, especialmente para empregos de baixa remuneração, como em restaurantes e no comércio a retalho.

A taxa de desemprego mantém-se em 6,1%, muito maior do que a taxa de 3,5% em março do ano passado, antes da pandemia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG