Links de Acesso

"Não somos uma família racista", Príncipe William


Príncipe William (imagem de arquivo, 16 Julho, 2020)

O príncipe William defende a família real do Reino Unido contra alegações de racismo

O príncipe William defendeu a monarquia britânica na quinta-feira contra as acusações de intolerância feitas pelo seu irmão, o príncipe Harry, e a sua cunhada, Meghan, insistindo que a família não é racista.

Em comentários feitos durante uma visita a uma escola do leste de Londres, William tornou-se o primeiro membro da realeza a falar directamente sobre a explosiva entrevista transmitida no domingo nos EUA, que Harry e Meghan deram a Oprah Winfrey.

"Não somos uma família racista", disse ele enquanto a sua esposa, Kate, caminhava ao seu lado.

As alegações de racismo e maus-tratos de Harry e Meghan abalaram a família real, e o Palácio de Buckingham tentou responder a eles numa declaração de 61 palavras na terça-feira, mas não conseguiu conter a controvérsia.

William, o segundo na linha de sucessão ao trono depois de seu pai, o príncipe Charles, diz que ainda não tinha falado com Harry depois da entrevista, "mas vou falar''.

O Palácio de Buckingham pronunciou-se via comunicado na terça-feira, 9 de Março, dizendo que "Meghan, Harry e Archie são membros muito queridos pela família real".

O príncipe William falou sobre o assunto, quando ele e Kate visitavam a School21 em Stratford, no leste de Londres, no dia de regresso às aulas. A visita também teve como objectivo marcar o lançamento nas escolas secundárias de um projecto de saúde mental que Kate lançou nas escolas primárias em 2018.

AP

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG