Links de Acesso

Multimilionário americano acusado de abusos sexuais suicidou-se na prisão


Jeffrey Epstein incorria a uma pena de até 45 anos de prisão

O muitimilionário americano Jeffrey Epstein, preso e acusado de tráfico sexual de menores, foi encontrado morto na sua cela na prisão de Manhattan, em Nova Iorque, neste sábado, 10.

Fontes citadas por vários meios de comunicação indicam que ele se suicidou

Epstein foi encontrado inconsciente por guardas do Centro Correcional Metropolitano de Nova Iorque às 6:39 h com paragem cardíaca e levado ao hospital, onde morreu, de acordo com a cadeia televisa CNN.

Há três semanas, o empresário de 66 anos foi encontrado ferido na cela com marcas no pescoço que indicavam uma provável tentativa de suicídio,

Ele foi tratado e regressou à prisão.

Jeffrey Epstein foi detido a 8 de Julho e devia ir a julgamento no próximo ano com acusações de abuso sexual de meninas e de dirigir uma rede de exploração sexual de menores.

Nas últimas horas, as autoridades disponibilizaram centenas de páginas com acusações que o incriminam de ter pago, entre 2002 e 2005, milhares de dólares em dinheiro em troca de sexo, nas suas mansões em Nova Iorque e Flórida.

Esses documentos, que terão sido entregues à defesa de Epstein, continham por exemplo, o testemunho de uma menor de 15 anos.

Caso fosse condenado, Epstein podia ser receberr uma pena de até 45 anos de prisão.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG