Links de Acesso

MPLA homenageia José Eduardo dos Santos, enquanto alguns começam a desertar


Santos deixa liderança do MPLA a 7 de Setembro

Analistas dizem ser uma situação esperada

O MPLA deu início nesta quarta-feira, 22, ao que chama de Jornada de Homenagem do Presidente do MPLA, que vai se prolongar até o próximo ano.

Como a VOA já reportou, alguns dissidentes do partido questionam porque fundadores do MPLA não têm sido alvo de reconhecimentos, enquanto fontes bem informadas indicam que mesmo dentro do partido há pessoas que começam a querer ver o seu nome dissociado de Santos.

Analistas dizem que essa realidade já era esperada.

Trabalhadores defendem CA do Porto de Cabinda - 1:47
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:47 0:00

“José Eduardo dos Santos está literalmente a tomar do seu próprio veneno, porque foi ele quem criou esse tipo de políticos, quem construiu esse modelo de políticos e hoje ele próprio é a vitima de políticos desonestos, falsos e vira casacos”, afirma o cientista político Rui Kandove.

Entretanto, o especialista e professor de ciência política, Agostinho Sicato, considera que muitos não se identificavam com as políticas do MPLA nem de José Eduardo dos Santos, que, no entanto, começa a sentir-se traído por gente que lhe deve muitos favores.

“Hoje deve estar a perceber que fez favor a muita gente que está a virar-lhe as costas”, enquanto o advogado Manuel Pinheiro que entende que esta realidade é um alerta para João Lourenço.

“Os verdadeiros amigos do Presidente José Eduardo dos Santos vão continuar a sê-lo, mas aqueles que se juntaram apenas por interesses vão deixá-lo e o Presidente deve ter isso em conta para o futuro”, alerta Pinheiro.

O programa de homenagem a José Eduardo dos Santos contempla marchas, passeatas, palestras, mesas-redondas, conferências e colóquios sobre a sua vida e obra.

Acompanhe a reportagem:

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG