Links de Acesso

Morreu o general Kundi Paihama, figura histórica do MPLA


Kundi Paihama

O antigo combatente pela Independência de Angola, ex-ministro, antigo governador e empresário Kundi Paihama morreu nas primeiras horas desta sexta-feira, 24, no Huambo, por doença prolongada aos 75 anos.

“Angola perde um exímio nacionalista e político, que sempre desempenhou com zelo e abnegação e espírito patriótico as funções que lhe foram confiadas”, disse à Rádio Nacional de Angola, Luísa Damião, vice-presidente do MPLA, numa das primeiras reações à morte do general, figura marcante da política angolana.

Nascido na província da Huíla, a 12 de Dezembro de 1944, Kundi Paihama foi ministro do Interior, da Segurança do Estado, da Inserção e Controlo do Estado, e dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, desempenhou o cargo de governador de Luanda, Huíla, Benguela, Huambo e Cunene.

Durante muitos anos foi membro do Comité Central do MPLA e deputado.

Empresário, entre outros negócios, era um dos acionistas do Banco Angolano de Negócios e Comércio (BANC), que foi colocado em falência técnica pelo Banco Nacional de Angola, e da concessionária de casinos, a Plurijogos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG