Links de Acesso

Morreu Michael Collins, piloto da missão Apollo 11


Michael Collins, entre Neil Amstrong (esq) e Edward Buzz Aldrin, no 30o. aniversário da missão Apollo 1.

Ele levou os colegas Neil Amstrong (esq) e Edward Buzz Aldrin à lua, mas ficou na aeronave e não pisou o satélite da terra

O astronauta americano Michael Collins, piloto da missão Apollo 11, que levou Neil Armstrong e Edward "Buzz" Aldrin para a Lua em 1969, morreu aos 90 anos de idade nesta quarta-feira, 28.

"Nós lamentamos compartilhar que o nosso amado pai e avô morreu hoje após uma valente batalha contra o cancro", escreveu a família numa nota enviada à imprensa e colocada nas redes sociais.

A família destacou que ele enfrentou o seu "último desafio" como encarou todos os que surgiram pela frente: "com graça e humildade".

Como piloto, Collins ficou conhecido como o astronauta “esquecido” da missão, ao permanecer mais de 21 horas sozinho, enquanto os seus companheiros pisavam a superfície lunar, em 1969.

A agência espacial americana, Nasa, lamentou a morte de Collins numa nota publicada numa rede social e na qual destacou a importante missão dele como o piloto da primeira viagem na história da humanidade a levar astronautas para "outro mundo".

"Um defensor da exploração, o astronauta Michael Collins inspirou gerações e o seu legado nos projecta mais fundo no cosmos", acrescentou a Nasa.

O astronauta Buzz Aldrin, o único vivo da missão Apollo, de 91 anos, compartilhou uma foto com o colega, juntamente com Armstrong, e escreveu: "Querido Mike, onde quer que você esteve ou vai estar, você sempre terá o fogo que nos carregou para novas alturas e para o futuro. Vamos sentir a sua falta. Que descanse em paz".

Em 2019, durante uma visita à estação de Cabo Canaveral, na Flórida, de onde partiu para a missão pioneira, Collins disse que "sentiu o peso do mundo" sobre os seus ombros.

"A Apollo 11 foi uma coisa séria. Nós da tripulação sentimos o peso do mundo em nossos ombros. Todos os olhos estavam voltados para nós, queríamos ser os melhores possíveis", lembrou Collins, quem foi responsável por manter o controlo da aeronave ao redor da Lua para assegurar o regresso da equipa à terra.

Michael Collins, Edward "Buzz" Aldrin e Neil Amstrong nasceram no ano de 1930, mas Collins em Roma, na Itália.

Era filho de um general norte-americano e frequentou a mesma escola militar que o pai, em Nova Iorque, onde se formou em 1952.

Começou a carreira na Força Aérea norte-americana e, em 1963, foi escolhido pela NASA para o ainda embrionário programa de astronautas, que sonhava levar o homemà Lua até ao final da década de 1960.

No ano seguinte da proeza, em 1970, ele abandonou a carreira na Nasa, fez uma investida na polícia, dirigiu o Museu Smithsonian de Washington e abriu uma consultoria aeroespacial.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG