Links de Acesso

Morreu Chick Corea, pianista de jazz, vencedor de 23 prémios Grammy


Chick Corea

Corea é o artista com mais Grammys na categoria de jazz.

Armando Anthony "Chick" Corea, pianista de jazz americano, que conquistou 23 prémios Grammy, morreu aos 79 anos.

Os críticos dizem que Chick Corea ultrapassou os limites do género. Na sua rica trajectória trabalhou, entre outros, ao lado de Miles Davis e Herbie Hancock.

Corea morreu na terça-feira de cancro, anunciou a sua equipa de trabalho. O seu gestor de marketing, Dan Muse, confirmou a morte.

Em 1968, Corea substituiu Herbie Hancock no grupo de Miles Davis, tocando nos álbuns marcantes "In a Silent Way" e "Bitches Brew".

Mais tarde, Corea formou o seu próprio grupo avant-gard, Circle, e depois o Return to Forever, ambos pioneiros do jazz de fusão.

Espero que todos os que têm inspiração para escrever, tocar, actuar (…) o façam. Se não por vocês, então façam-no pelo resto de nós. Não se trata apenas de o mundo precisar de mais artistas, também é muito divertido".
Última mensagem de Chick Corea

Corea é o artista com mais Grammys na categoria de jazz, nos 63 anos de história destes prémios, e tem a chance de ganhar postumamente mais um a 14 de Março deste ano. Concorre para a melhor solo improvisado de jazz com “All Blues” e melhor jazz instrumental com “Trilogy 2”.

Nascido em Massachusetts, Corea recebeu as primeiras aulas de piano quando tinha quatro anos de idade. Mas não se deu bem na educação formal, e abandonou a Universidade de Columbia e a Juilliard, uma famosa escola de música de Nova Iorque.

A sua última mensagem foi: "Quero agradecer a todos os que ao longo de minha jornada ajudaram a manter a chama da música acesa. Espero que todos os que têm inspiração para escrever, tocar, actuar (…) o façam. Se não por vocês, então façam-no pelo resto de nós. Não se trata apenas de o mundo precisar de mais artistas, também é muito divertido".

Corea deixa a mulher Gayle Moran, e o filho Thaddeu.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG