Links de Acesso

Morreu Amaro da Luz, negociador da Independência de Cabo Verde e primeiro embaixador junto da ONU


Ele foi o primeiro ministro das Finanças do arquipélago

Faleceu nesta sexta-feira, 4, na cidade da Praia, o primeiro ministro das Finanças e primeiro embaixador de Cabo Verde junto das Nações Unidas e um dos membros da delegação do Partido Africano para Independência da Guine-Bissau e Cabo Verde (PAIGC) que negociação com as autoridades portuguesas a independência do arquipélago.

Aos 85 anos de idade, o economista natural de São Antão morreu no Hospital Agostinho Neto, na capital do país, informou o portal santiagomagazine.cv.

Combatente da Liberdade da Pátria, Amaro da Luz desde cedo abraçou a luta pela independência, com um importante activismo em Portugal quando frequentava o curso superior de Economia.

Após o golpe militar de 24 de Abril de 1974 em Portugal e a queda do regime fascista, Amaro da Luz integrou a delegação liderada por Pedro Pires que negociou a independência de Cabo Verde em Londres com Mário Soares e Almeida Santos, do lado português.

Após a independência, a 5 de Julho de 1975, foi nomeado o primeiro-ministro das Finanças do país.

Em 1977, Amaro da Luz foi indicado também o primeiro embaixador de Cabo Verde junto das Nações Unidas, cargo que ocupou de 1977 a 1984.

De regresso a Cabo Verde, assumiu a direcção do Banco de Cabo Verde até 1990.

Em 2014, foi um dos 12 governantes da chamada "primeira República" condecorados pelo então primeiro-ministro, José Maria Neves, pelo seu "árduo trabalho" realizado a favor do país.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG