Links de Acesso

Morre segunda vítima de atentado contra primeiro-ministro etíope


Abiy Ahmed

Dezenas de pessoas foram presas, diz a polícia

Na Etiópia a polícia disse que 30 pessoas foram presas por alegado envolvimento no ataque com uma granada num comício no Sábado em que participou o primeiro-ministro Abiy Ahmed.

O ministério da saúde da Etiópia disse que por outro lado uma segunda pessoa morreu na sequência da explosão de uma granada ocorrida no Sábado na capital etíope Addis Abeba.

Entidades oficiais disseram que 150 pessoas ficaram feridas.

A explosão ocorreu quando o novo primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, tinha acabado de fazer um discurso num comício na capital Addis Abeba.

Abiy disse que a explosão tinha sido o que chamou de “um ataque bem orquestrado”.

Desde que assumiu o cargo de chefe do governo Abiy Ahmed introduziu mudanças no país, incluindo a libertação de jornalistas que se encontravam detidos, o abandono de acusações contra activistas críticos do governo e medidas para liberalizar a economia.

O novo primeiro-ministro prometeu também iniciativas para uma reconciliação com a Eritreia

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG