Links de Acesso

Morna é Património Cultural Imaterial da Humanidade


Cesária Évora, embaixadora mais conhecida da morna de Cabo Verde

O género musicial mais conhecido de Cabo Verde, a morna, vai ser considerado em Dezembro Património Cultura Imaterial da Humanidade, revelou nesta quinta-feira, 7, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente.

“Tenho a sorte, a honra e o privilégio de vos comunicar que hoje o Comité Técnico dos Peritos da Unesco aprovou o dossier da morna a património da Humanidade”, escreveu Vicente na sua página de Facebook.

A decisão será ratificada em Dezembro na Colombia, mas “a Nação já pode celebrar: a morna já é Patrimónia da Humanidade”, acrescentou o ministro, quem partilhou na sua página parte da decisão do comité da Unesco de "inscrever a Morna, prática musical de Cabo Verde na lista representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade".

A decisão de avançar com a proposta foi anunciada pelo anterior Governo de Cabo Verde, mas formalizada em Março de 2018 pelo actual Executivo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG