Links de Acesso

Moderna anuncia que sua vacina contra a Covid-19 revelou-se 95 por cento efectiva


Anúncio é feito dias depois de resultados optimistas anunciados pela Pfizzer e BioNTech, bem como a Sputnik 5.

A farmacêutica norte-americana Moderna anunciou, nesta segunda-feira, 16, que a vacina contra Covid-19, mRNA-1273, é 94,5 por cento eficaz na prevenção à doença, de acordo com dados iniciais do estudo da fase 3.

Os dados são provisórios e ainda não foram publicados em qualquer revista científica.

“Este é um momento crucial no desenvolvimento de nossa vacina. Desde o início de janeiro, temos perseguido esse vírus com a intenção de proteger o maior número possível de pessoas ao redor do mundo. Sabemos que cada dia é importante. Esta análise provisória positiva do nosso estudo de fase 3 nos deu a primeira validação clínica de que nossa vacina pode prevenir contra a doença, incluindo casos graves”, disse Sne Bancetéphal, presidente-executivo da Moderna.

A análise provisória da Moderna incluiu 95 participantes do ensaio que receberam um placebo ou a vacina.

Desse total, registaram-se apenas cinco infecções nos voluntários que receberam a vacina, é administrada em duas doses com 28 dias de intervalo.

A Moderna vai agora pedir ao órgão regulador de Alimentos e Medicamentos, FDA, autorização para usar, em carácter de emergênmcia, da vacina e enviar um pedido semelhante a outros países.

Refira-se que a taxa de eficácia representa a proporção de redução de casos entre o grupo vacinado comparado com o grupo não vacinado.

No passado dia 9, as farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram que sua vacina, BNT162b2, provou ser eficaz em mais de 90 por cento e dois dias depois a Rússia revelou que a vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, é 92% eficaz,.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG