Links de Acesso

Moçambique: Tempestade tropical causou a morte de duas pessoas


Mais de 60 pessoas foram feridas e 115 casas destruídas

Uma tempestade tropical Ana, que atingiu Moçambique, na segunda-feira, matou duas pessoas e feriu 66, disse o instituto de desastres do país, com base em informações preliminares.

As duas mortes - mãe e filha - foram no distrito de Mocuba, na Zambézia.

"Ana" destruiu parcialmente 546 casas e completamente outras 115, acrescenta o Instituto Nacional de Gestão e Redução de Riscos de Desastres.

As seis províncias afectadas foram Nampula, Zambézia, Tete, Niassa, Sofala e Manica.

Nos últimos anos, Moçambique tem sido repetidamente atingido por fortes tempestades e ciclones, que destruíram infraestruturas e deslocaram um grande número de pessoas.

Especialistas dizem que as tempestades se tornaram mais fortes à medida que as águas aqueceram devido às mudanças climáticas, enquanto o aumento do nível do mar tornou vulneráveis as áreas costeiras baixas.

Depressão tropical

O instituto moçambicano de meteorologia disse, hoje (25) que “Ana” tinha enfraquecido de uma "tempestade tropical moderada" para uma "depressão tropical".

O Programa Mundial de Alimentação (PMA) disse à Reuters que uma de suas principais preocupações é que as chuvas fortes e inundações durante a temporada agrícola possam levar à perda de colheitas, causando um aumento substancial de preços.

"Ana marca o início da temporada de ciclones no sudoeste do Oceano Índico, ... de acordo com as previsões, eventos climáticos mais intensos podem ser esperados nos próximos meses", disse o PMA, acrescentando que está pronto para fornecer alimentos às pessoas afectadas e logística às operações de resgate e socorro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG