Links de Acesso

Moçambique: Governo insiste na criação de três milhões de postos de trabalho


Jovens do distrito de Palma, Moçambique

Especialistas dizem que a promessa do secretário de Estado da Juventude e Emprego, Osvaldo Petersburgo, é irrealista

O secretário de Estado da Juventude e Emprego, Osvaldo Petersburgo, insiste na meta de criação de três milhões de postos de trabalho para jovens até 2024, mas analistas consideram-na irrealista, porque a cada dia que passa, muitos jovens ficam desempregados.

Para o Governo, várias são as acções em curso visando o alcance dessa meta, entre as quais o Fundo de Apoio a Iniciativas Juvenis, o Programa Meu Kit, Meu Emprego e o Projecto Emprega, "para estimular a juventude a participar no desenvolvimento do país".

Moçambique: Governo insiste na criação de três milhões de postos de trabalho
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:26 0:00

Osvaldo Petersburgo falava na abertura de um centro para a formação profissional de jovens, nas diversas especialidades, incuindo a mecânica.

Mas, para a jovem economista Inocência Mapisse, três milhões de emprego é uma meta irrealista, realçando que comparando com aquilo que tem acontecido, "o que se constata é que vários jovens estão no desemprego".

Conteúdo local

Entretanto, Elton Chemane, especialista em assuntos ligados ao petróleo e gás, diz que uma forte aposta no conteúdo local, pode ajudar na criação de postos de trabalho para jovens.

"Todas as empresas moçambicanas, pequenas, médias e grandes devem ter a oportunidade de participar no sector do petróleo e gás, prestando serviços e providenciando mão de obra", defendeu aquele especialista.

"Para além disso", afirma a activista política e social Quitéria Guirengane, "são necessárias também políticas públicas concertadas com a juventude, para a resolução dos seus problemas".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG