Links de Acesso

Moçambicanas querem travar a usurpação de terras


Rebeca Mabui, Coordenadora Fórum das Mulheres Rurais de Moçambique

Rebeca Mabui: “A mulher é excluída da tomada de decisões sobre a posse da terra e discussão de grandes projectos, mas é ela que cuida da terra, alimenta o país. (…) sem a mulher rural a cidade nem janta”.

Moçambicanas querem travar a usurpação de terras, situação que, em larga medida, atinge as que vivem no meio rural e menos privilegiadas.

Para reforçar a pressão, cerca de 100 delas estão deste, ontem, 2 de Outubro, reunidas em Chimoio, a capital de Manica, na III Conferência Nacional das Mulheres Rurais.

O lema da conferência é “Ampliando vozes, fortalecendo o movimento das mulheres rurais na defesa da terra, recursos naturais e sementes”.

Não basta ter leis sobre a igualdade de direitos entre homens e mulheres, é preciso ver a situação na prática...
Rebeca Mabui, Fórum Moçambicano das Mulheres Rurais

​Além da defesa da terra, elas querem ver o país a apostar na agricultura ecológica.

Rebeca Mabui, que em 2008, foi agredida pelas autoridades, por defender a agricultura ecológica e contestar a usurpação de terras, repete que não basta ter leis sobre a igualdade de direitos entre homens e mulheres, é preciso ver a situação na prática.

“A mulher é excluída da tomada de decisões sobre a posse da terra e discussão sobre os grandes projectos, mas é ela que cuida da terra, alimenta o país. (…) sem a mulher rural a cidade nem janta”, diz.

Acompanhe a entrevista com Rebeca Mabui, coordenadora do Fórum Moçambicano das Mulheres Rurais, membro do Fórum Mulher:

Moçambicanas querem travar a usurpação de terras
please wait

No media source currently available

0:00 0:05:54 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG