Links de Acesso

Moçambicana Paulina Chiziane vence Prémio Camões 2021


Paulina Chiziane, escritora moçambicana

A escritora moçambicana Paulina Chiziane ganhou o Prémio Camões de 2021.

"O júri decidiu por unanimidade atribuir o Prémio à escritora moçambicana Paulina Chiziane, destacando a sua vasta produção e recepção crítica, bem como o reconhecimento académico e institucional da sua obra", anunciou nesta quinta-feira, 20, a ministra da Cultura de Portugal.

O júri teve em contra a importância que dedica nos seus livros aos problemas da mulher moçambicana e africana.

“Celebro a luta de todos os que me fizeram gente, mulher consciente para puder escrever a memória do meu povo” - Paulina Chiziane
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:43 0:00


"O júri sublinhou o seu trabalho recente de aproximação aos jovens, nomeadamente na construção de pontes entre a literatura e outras artes", de acordo com a nota de Graça Gonçalves.

Paulina Chiziane escreveu o seu best-seller para os moçambicanos
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:11 0:00

Paulina Chiziane está traduzida em muitos países, e , segundo o júri, é hoje uma das vozes da ficção africana mais conhecidas internacionalmente, tendo já recebido vários prémios e condecorações.»

Paulina Chiziane nasceu em Manjacaze, Moçambique, em 1955, estudou Linguística em Maputo.

Ficcionista, publicou vários contos na imprensa (Domingo, na «Página Literária», e na revista Tempo), e, em 1990, lançou o seu primeiro romance, Balada de Amor ao Vento, também o primeiro romance de uma moçambicana.

Na sua bibliografia tem ainda Ventos do Apocalipse, concluído em 1991 mas que foi publicado em 1995 como edição da autora e em 1999 com a chancela da Caminho.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG