Links de Acesso

MLSTP-PSD contra lei que permite permanência de estrangeiros por seis meses


Lei no Parlamento não agrada oposição

O MLSTP-PSD, principal partido da oposição de São Tomé e Príncipe, considera que o país poderá transformar-se num porto de abrigo para malfeitores e organizações terroristas, com a possível aprovação da proposta de lei do Governo que irá isentar vistos de entrada e permanência de cidadãos estrangeiros no país durante um período de seis meses.

Em conferência de imprensa nesta segunda-feira, 6, a porta-voz do partido, Elsa Pinto, manifestou a sua inquietação perante a decisão governamental.

O MLSTP-PSD diz que o país não reúne condições de segurança para a implementar a medida e estranha o facto dela coincidir com o período eleitoral.

A proposta do novo regime jurídico para cidadãos estrangeiros deverá ser aprovada nos próximos dias pela Assembleia Nacional, através da maioria parlamentar do partido do Governo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG