Links de Acesso

Minstério Público coloca em liberdade nove militantes da CASA-CE presos em Cabinda


Comício da CASA-CE em Malanje, Angola (Foto de Arquivo)

Detenção aconteceu quando afixavam cartazes da coligação no dia em que o Presidente da República chegava a Cabinda para uma visita que termina hoje

Os nove militantes da CASA-CE detidos pela Polícia Nacional (PN) de Angola na passada quarta-feira, 20, em Cabinda, foram libertados neste sábado, 23, depois de terem sido ouvidos pelo Ministério Público (MP).

Em nota divulgada hoje por aquela coligação parlamentar, “no âmbito das diligências desenvolvidas ao mais alto da direcção da CASA-CE, que tem em Cabinda o vice-presidente Sikonda Lulendo Alexandre, os nove militantes foram postos em liberdade, 72 horas depois de receberem voz de prisão, em pleno exercício dos seus direitos político-partidários”.

A mesma nota, assinada por João Nazaré, do Secretariado Executivo Nacional para Informação e Marketing, acrescenta que eles foram “indiciados por crime de ultraje aos símbolos nacionais, alegação que não ficou provada, os nove militantes da CASA-CE foram surpreendidos e detidos por efectivos da Polícia Nacional, em Cabinda, quando colocavam bandeiras da coligação nas principais artérias da cidade, visando preparar a recepção do presidente da CASA-CE Manuel Fernandes, que visita Cabinda na próxima segunda-feira, 25, para uma intensa jornada de trabalho político-partidário”.

A CASA-CE reitera “a detenção arbitrária” e “acção excessiva dos agentes da ordem em Cabinda”, e lembra que, na altura, o Manuel Fernandes “reagiu de forma célere com uma nota de imprensa a denuciar publicamente o acto, bem como exigir a libertação imediata dos militantes”.

O deputado Sikonda Lulendo Alexandre, citado na nota, conclui dizendo que a prisão dos activistas foi um “acto forçado por responsáveis do MPLA, naquela província nortenha, que entendem, que só as bandeiras do seu partido deviam colorir a cidade durante a visita de João Lourenço à Cabinda”.

Recorde-se que na quarta-feira, 21, o Presidente da República chegou a Cabinda para o íncio de uma visita que terminou neste sábado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG