Links de Acesso

Ministro do Governo de Faustino Imbali apresenta demissão


Decisão decorre de ultimato da CEDEAO

Na Guiné-Bissau, menos de 24 horas depois da CEDEAO ter dado um prazo de dois dias para os ministros do Governo de Faustino Imbali, empossado na semana passada pelo Presidente José Mário Vaz, apresentarem as suas demissões para evitarem sanções pessoais, o ministro dos Recursos Naturais e Energia, Certório Biote, apresentou a sua carta de demissão nesta quinta-feira, 7, por razões de saúde.

Por agora não há indicações de mais demissões, um dia antes da cimeira da CEDEAO convocada para analisar a siatuação da Guiné-Bissau amanhã no Níger.

Na cimeira, a Guiné-Bissau será representada pela chefe da diplomacia do Governo de Aristides Gomes, Suzi Barbosa, que já se encontra em Niamey.

A reunião foi convocada depois da demissão do Governo de Aristides Gomes pelo Presidente, José Mário Vaz, a 28 de Outubro.

O ultimato da CEDEAO foi feito na quarta-feira, 7, pelo representante da organização, em Bissau, Blaise Diplo, para quem tais sanções podem ser activadas na cimeira do Níger.

Refira-se, no entanto, que a CEDEAO nunca reconheceu o Governo e Faustino Imbali, nomeado por José Mário Vaz que considerou a sua decisão de "irreversível".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG