Links de Acesso

Ministro da Defesa acusa antigo primeiro-ministro são-tomense de forjar tentativas de golpes de Estado


Antigo primeiro-ministro Patrice Trovoada

Óscar Sousa promete "desmontar" o esquema que diz ter sido montado por Patrice Trovoada

O ministro da Defesa e Ordem Interna de São Tomé e Príncipe, Óscar Sousa, acusou o antigo primeiro-ministro Patrice Trovoada de forjar tentativas de golpe de Estado e prometeu desmontá-las em breve.

Sousa disse no Parlamento que não houve nenhuma tentativa de golpe de Estado", e lembrou que o país tem "um problema em mãos" por causa dos espanhóis que estavam presos sobre a alegada tentativa de Agosto passado, e que foram libertados no mês passado.

“Há uma situação de dois golpes de Estado, em Junho e Agosto, forjados e eu vou desmontá-los. Não houve nenhuma tentativa de golpe de Estado", garantiu Sousa.

Óscar Sousa, tenente-coronel na reserva, disse que em Abril o Ministério da Defesa já "sabia" que este alegado golpe iria ter lugar e que tudo teria sido preparado com a cumplicidade do próprio ministro da Defesa do anterior Governo.

"Existiam 90 homens especiais que foram preparados e outro 90 que estavam a mando directo do ex-primeiro-ministro", acrescentou.

Agora deputado da ADI, presente no debate na Assembleia Nacional, o antigo ministro Arlindo Ramos não confirmou nem desmentiu as declarações de Sousa.

Ramos limitou-se a dizer não temer "nada" e que está "sereno e tranquilo".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG