Links de Acesso

Ministra queniana diz que desenvolvimento de África depende dos seus filhos


Ministra dos Negócios Estrangeiros deu uma palestra em Luanda

Monica Juma ofereceu em Luanda a disponibilidade do seu Governo em ajudar na gestão ambiental e ecoturismo

O continente africano deve crescer com o esforço dos africanos, disse em Luanda a ministra dos Negócios Estrangeiros do Quénia, Monica Juma, durante uma palestra, na segunda-feira, 23, sobre o futuro de África, no auditório da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto.

A diplomata, também professora universitária, apelou os países africanos a criarem as suas próprias pesquisas que correspondam às necessidades sociais dos seus países.

Ministra dos negocios estrangeiros queniano esteve em Angola - 2:05
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:05 0:00

Juma disse que só dessa forma “haverá um continente mais unido”.

A diplomata que deixou Luanda na manhã desta terça-feira, depois de uma visita oficial de dois dias a Angola, que teve como ponto alto uma audiência com o Presidente da República, João Lourenço, desafiou os docentes africanos a procurarem respostas aos problemas do continente.

"Precisamos proteger a criatividade intelectual e dar respostas aos problemas do continente africano", defendeu.

Durante a sua estada em Luanda, a governante manifestou a disponibilidade do seu Governo em passar a sua experiência no domínio da gestão ambiental e ecoturismo às autoridades angolanas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG