Links de Acesso

Milhares de famílias afectadas pelo ciclone Idai recebem ajuda


Cerca de 76 mil famílias serão atendidas

Cerca de 76 mil famílias afectadas pelo ciclone Idai, na zona centro de Moçambique, vão receber sementes e alimentos, distribuidos pelo Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e pelo Programa Mundial de Alimentação (PMA) para fazer face à fome na região.

Milhares de famílias afectadas pelo ciclone Idai recebem ajuda
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:24 0:00

A operação vai beneficiar famílias cujas explorações agrícolas foram destruidas pelo ciclone Idai, que em Março do presente ano, fustigou as províncias de Tete, Sofala, Zambézia e Manica.

Entretanto, o FAO diz-se também preocupado com o problema da lagarta do funil, que está a afectar a produção de alimentos, sobretudo cereais, igualmente na zona centro.

Para o PMA, a passagem do ciclone Idai pela zona centro de Moçambique, além dos mortos, feridos e desalojados, "teve também mais um efeito que causa muita preocupação, que é o impacto sobre a agricultura".

"As famílias perderam as plantações, os instrumentos de trabalho. O ciclone passou muito perto da colheira. A safra foi toda perdida, e o que é preocupante é que os produtores perderam as sementes", destacou Karin Manente, directora do PMA em Moçambique.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG