Links de Acesso

Mark Anthony Conditt, o bombista de Austin


Chefe da Polícia Brian Manley acredita ter desvendado o caso de Austin

Jovem de 24 anos não tinha antecedentes criminais e era católico devoto

Mark Anthony Conditt, de 24 anos de idade, é o suspeito de ter sido o autor das bombas que explodiram e provocaram a morte de duas pessoas e vários feridos desde o início do mês na cidade de Austin, no Estado americano de Texas.

Conditt suicidou-se nesta quarta-feira, 21, quando era perseguido pela polícia.

Ele morava na cidade de Pflugerville, juntamente com outros dois colegas, que estarão a cooperar com a polícia neste momento.

O suspeito estava desempregado, não tinha antecedentes criminais e era um católico devoto.

Os vizinhos dizem que o jovem era uma pessoa calada que provinha de uma boa família.

A polícia acredita que Mark, que foi técnico de informática, terá sido o responsável pela produção das bombas.

Os investigadores tentam agora descobrir o móbil dos cinco ataques a bomba que provocaram duas mortes e vários feridos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG