Links de Acesso

Manifestantes anti-Trump vão marchar em Washington


Manifestação Anti-Trump na Universidade de Berkeley na California

Milhares de americanos participarão na próxima Sexta-feira, 20, da cerimónia de posse de Donald Trump, mas outros milhares se reunirão em Washington durante a semana para expressar sua frustração com a vitória do republicano.

Em todo o país foram convocadas marchas de protesto, mas o epicentro das manifestações anti-Trump estará sem dúvida na capital, onde inclusive um grupo anunciou sua intenção de interromper a cerimónia que acontecerá em frente ao Capitólio.

A manifestação mais importante, porém, está prevista para o dia seguinte à posse. Trata-se da Marcha das Mulheres, em Washington, que conta com o apoio explícito de celebridades como as cantoras Katy Perry ou Cher e as actrizes Julianne Moore e Scarlett Johansson.

Este protesto começou com uma simples mensagem no Facebook de Teresa Shook, uma advogada aposentada do Hawai, a cerca de 40 amigas.

A ideia espalhou-se rapidamente e foi formalmente adoptada pelo Pantsuit Nation, um grupo de Facebook que apoia Hillary Clinton (o nome é uma referência ao clássico conjunto de calças com blazer que ela usa) e que mobilizou as suas quatro milhões de seguidoras em todo o país.

Até ao momento, cerca de 190.000 pessoas já confirmaram presença no protesto, marcado para a manhã de sábado,21, e outras 250.000 expressaram interesse em participar.

Numa nota oficial, as organizadoras da manifestação disseram esperar que "os líderes eleitos deste país ajam para proteger os direitos das mulheres, das suas famílias e suas comunidades".

AFP

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG