Links de Acesso

Malanje: Mais de 600 mil casos de malária com 475 mortes o ano passado


Luis Demba supervisor do programa de controlo da malaria

Quase metade das mortes são crianças

A malária provocou a morte de 218 crianças durante o ano de 2020 na província, um aumento de 90 casos, relativamente ao espaço idêntico do ano de 2019.

Mortes por malária voltam a aumentar em Malanje – 1:27
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:27 0:00


Os dados tornados públicos pelo supervisor provincial do programa de controlo da pandemia, Luís Demba, referem-se aos dados das instituições de saúde públicas.

Os números apontam para “191.638 crianças que apanharam malária, desse número 218 crianças morreram em 2020, uma subida em relação a 2019 [em que] tivemos 162.188 casos, das quais 128 morreram ”.

No total, a província de Malanje reportou um aumento de mais de 151.000 pacientes com malária no ano passado.

“Em 2019 a província registou um total de 488.119 casos de malária, dos quais 380 óbitos, já no ano 2020 houve um aumento de 151.123 casos, quer dizer [...] a província registou um total de 639.242 casos, dos quais 475 deram em óbitos”, precisou.

Luís Demba admitiu que o aumento de mortes por malária está relacionado com a procura tardia das unidades sanitárias e o desinteresse de muitos habitantes pelo uso de mosquiteiros tratados com insecticidas, destruição dos focos de lixo e de outras boas práticas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG