Links de Acesso

Malanje: CASA diz que eleitorado tem outras opções para além do MPLA e UNITA


Moisé Ngunza secretário Provincial da CASA CE

Autoridades avisam de medidas contra promotores da violência em período eleitoral

O dirigente da CASA-CE em Malanje acusou hoje o MPLA no poder e o principal partido da oposição, UNITA, de serem responsáveis pelo clima de tensão e violência política no país e fez notar que há outras opções eleitorais paraalém daquelas duas organizações

Falando por ocasião dos 10 anos de existência da CASA-CE o secretário-executivo provincial da Convergência Ampla de Salvação de Angola em Malanje, Moisés Ngunza, apontou o dedo aos militantes, amigos e simpatizantes do MPLA e UNITA como principais promotores da instabilidade política em Angola.

O representante da CASA-CE, avisou disse que o clima de tensão poderá ter consequências graves para o processo de democratização de Angola mas fez notar que o eleitorado angolano tem mais opções que apenas o MPLA ou a UNITA.

“Se os dois continuarem a criar instabilidade então [deixemos] de prestar confiança à UNITA e ao MPLA”, disse.

“Hhá vários partidos para governar o país, eles não são anjos e nós também somos quadros, as escolas onde passaram também passamos lá”, desafiou

Autoridades avisam de medidas contra a violência

O delegado em exercício do Ministério do Interior nt em Malanje, subcomissário Samuel Ramos Peso, avisou as forças políticas que não serão tolerados os desacatos antes, durante e depois do pleito eleitoral de Agosto próximo e que medidas serão tomdas em colaboração com o Ministério Público e os tribunais.

Subcomissário Samuel Peso delegado em exercício do Ministério do Interior
Subcomissário Samuel Peso delegado em exercício do Ministério do Interior

“Responsabilização civil ou criminal nos termos da lei por todos os prejuízos resultantes da campanha eleitoral que os partidos promovam relativamente a actos que provoquem incitamento, ao ódio, violência física ou verbal, vandalismo do patrimônio público e privado”, disse.

Pesos convidou os líderes partidários concorrentes a pautarem de posturas e discursos voltados para a promoção da paz social, unidade nacional, convivência harmoniosa e pacífica forjada no diálogo aberto e franco.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG