Links de Acesso

Mais de metade da população de Moçambique, Guiné-Bissau e Angola enfrenta pobreza multidimensional


Relatório do PNUD diz que 1,3 mil milhões de pessoas vivem na pobreza no mundo

Mais de metade da população de Moçambique, Guiné-Bissau e Angola têm mais de metade da população em situação de pobreza multidimensional revelou um relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) divulgado em Nova Iorque

Cerca de 1,3 mil milhões de pessoas, das quais metade são menores de 18 anos anos, vivem na pobreza, entre elas 662 milhões de crianças de um total de 104 países.

Em Moçambique, a população afectada ascende a 72,54 por cento, Guiné-Bissau, 67,42% e Angola (51,17%)

O índice foi realizado com ajuda da Iniciativa para a Pobreza e Desenvolvimento Humano da Oxford e avaliou três dimensões da vida: saúde, educação e condições básicas de vida, juntando, no total, 10 indicadores.

São considerados pobres aqueles que estão privados de mais de um terço dos indicadores.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG