Links de Acesso

Mais de 100 soldados mortos nas últimas três semanas na Nigéria


Relatório da ONU alerta para aumento da violência e insegurança na fronteira com o Chade

Grupos armados mataram mais de 100 soldados nigerianos e capturaram um "enorme depósito" de armas em confrontos no nordeste do país desde 26 de Dezembro, revela um relatório de um grupo de especialistas da ONU no Chade, publicado nesta sexta-feira, 18.

O documento diz que os ataques de grupos armados se intensificaram nas últimas semanas, o que pode forçar as pessoas a fugirem para o Chade.

Os ataques realizados por uma facção aliada do grupo islâmico radical Boko Haram, ocorrem das eleições de 16 de Fevereiro, em que o Presidente Muhammadu Buhari concorre a um segundo mandato.

Os seus adversários criticam o Presidente por, segundo eles, não ter cumprido a promessa de campanha de derrotar o grupo Boko Haram.

O relatório foi elaborado por um grupo de agências de ajuda lideradas pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG