Links de Acesso

Mães esperam por vacinas em Malanje


Mães em Malanje

Programa Alargado de Vacinação só chegou a metade do universo por cobrir

A cobertura da campanha de vacinação de rotina de BCG, pólio oral e injectável, rotavírus, sarampo hepatite B e febre-amarela para menores de um ano de idade é baixa na província angolana Malanje.

Vacinação de crianças atrasada em Malanje - 1:44
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:44 0:00

O Programa Alargado de Vacinação (PAV) tem por vacinar 19. 965 crianças, contra as 36.198 previstas, confirmou o supervisor da região Frederico Muatchimbau.

A falta de vacinadores e cadeias de frio na maioria das unidades sanitárias das comunidades rurais do interior e transportes são as principais dificuldades para o PAV.

“Temos bom stock, mas este problema deve-se ao facto de as unidades sanitárias, em alguns lugares, não terem mini arcas de conservação, nas comunas temos este problema, por isso, há redução da cobertura da província de Malanje”, justificou.

Filho de Domingas Filipe tem vacina em atraso
Filho de Domingas Filipe tem vacina em atraso

Centenas de mães furtam-se ao cumprimento do calendário de vacinação.

“Tenho uma vacina em atraso de seis meses, ele estava com febre, não tinha como trazê-lo”, lamentou Domingas Filipe.

O filho da Madalena Manuel da Silva tem em atraso a vacina do 13º mês de vida e “ainda não fui atendida”, nesta quarta-feira.

O supervisor provincial do PAV, Frederico Muatchimbau, disse que para superar o défice de cobertura vacinal em toda região estão em curso acções de reforço.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG