Links de Acesso

Município angolano do Luena tem 450 mil habitantes e só um balcão de registo eleitoral


A cidade de Luena, Moxico.

Através de Angola aumentam as queixas sobre a lentidão e incapacidade dos Balcões Únicos de Atendimento ao Público (BUAP) para o registo eleitoral.

As mais recentes queixas chegam do Luena, a sede municipal da província do Moxico, onde os habitantes locais pedem mais BUAP para dar resposta à demanda.

No Luena pessoas desistem de se registarem para as eleições – 1:42
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:42 0:00

Os moradores dizem existir um único balcão e são obrigados a pernoitar no local para conseguir efectuar o registo, alguns vão desistindo.

O município do Luena possui mais de 450 mil habitantes, dos quais 200 mil estão na condição de eleitores mas, segundo os moradores, há apenas um balcão.

Os habitantes pedem que se criem equipas móveis para, sobretudo, os grandes centros de concentração populacional como por exemplo os mercados.

"As pessoas têm que ir de noite, para obter a senha como se fosse um banco”, afirma a moradora São Francisco.

Selua Marques, outro morador do município, faz o mesmo pedido.

"Aqui na cidade do Luena tem um só BUAP, o sistema deste único estabelecimento é bastante lento, há pessoas que chegam lá às duas horas da madrugada, outras que vivem mais distantes daqui têm mesmo de pernoitar lá, para fazer o registo dia seguinte”, conta, acrescentando que “ainda assim alguns regressam a casa sem ser atendidos”.

Os moradores afirma que muita gente desistiu perante tanta dificuldade e clamam por mais postos ou, caso contrário, alertam que vai ficar muita gente de fora das eleições.

O Ministério da Administração do Território prevê regularizar mais de 200 mil cidadãos a província do Moxico, entre novos eleitores e aqueles que eventualmente tenham mudado de residência.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG