Links de Acesso

Lourenço vai a Moscovo com fábrica de armas russas em Angola na agenda


Visita deve acontecer em Abril

O Presidente angolano realiza uma visita à Rússia em Abril, no qual deverá fechar vários acordos de cooperação e aumentar as oportunidades de negócios entre os dois países com o seu homólogo Vladimir Putin.

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores de Angola revelou na sexta-feira, 29, que o chefe da diplomacia Manuel Augusto seguiu para Moscovo para preparar a viagem de Lourenço.

Além de uma carteira de projectos nos sectores do comércio, energia, mineração, agricultura, pescas e educação, entre outros, João Lourenço e Valdimir Putin deverão definir a instalação, em Angola, de fábricas de armamentos russos.

Em entrevista à agência russa TASS, na quarta-feira, 29, Lourenço afirmou que Angola “gostaria de evoluir do estado actual de compradores de equipamentos e tecnologias militares russos para nos tornarmos os fabricantes e ter um ponto de montagem de equipamentos militares russos no nosso país”.

O Presidente garantiu que a “cooperação militar e técnica com a Rússia continuará e será aprofundada”, mas foi claro ao dizer que quer mais.

“Estou a falar, se possível, do estabelecimento de uma capacidade de fabricação e montagem de equipamento militar nos nosso país”, esclareceu Lourenço, acrescentando que “a implementação desta iniciativa irá criar empregos para a população local e tornar Angola menos dependente”.

Nos últimos anos, a Rússia tem vindo a aumentar fortemente a sua presença em África, tanto no sector dos negócios, como militar, com o envio de equipamentos e técnicos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG