Links de Acesso

Líder republicano no Senado reconhece vitória de Joe Biden


Mitch McConnell, líder dos republicanos no Senado

Mitch McConnell anunciou que vai telefonar Presidente eleito ainda hoje para o felicitar

O líder da maioria no Senado, o republicano Mitch McConnell, reconheceu a vitória de Joe Biden na eleição de 3 de novembro e disse que vai telefonar ao democrata ainda nesta terça-feira, 15.

“O Colégio Eleitoral falou, portanto, hoje, quero felicitar o Presidente eleito Joe Biden”, afirmou o mais importante líder republicano do país, num discurso no plenário do Senado, após semanas a recusar reconhecer a vitória de Biden e a manter apoio ao posicionamento do Presidente Donald Trump.

McConnell acrescentou que “muitos de nós esperávamos que a eleição presidencial produzisse um resultado diferente", mas reconheceu que “o nosso sistema de Governo tem processos para determinar quem será empossado a 20 de janeiro.”

O senador também felicitou Kamala Harris a quem se referiu como "vice-presidente eleita".

“Além das nossas diferenças, todos os americanos podem orgulhar-se de que o nosso país tem uma vice-presidente eleita pela primeira vez”, afirmou.

O Colégio Eleitoral confirmou ontem a vitória de Joe Biden e Kamala Harri.

Os votos expressos manualmente nas capitais dos 50 Estados e no Distrito de Columbia serão agora enviados ao Senado até o dia 23 e no dia 6 de janeiro o Congresso reúne-se para confirmar os resultados.

O Presidente Donald Trump, mesmo depois da votação no Colégio Eleitoral, continua a dizer que “a eleição não acabou”, enquanto alguns apoiantes dele admitem levantar o tema da “fraude” na sessão do Congresso.

Especialistas dizem que uma eventual acção nesse sentido não terá nenhuma consequência em virtude dos democratas terem a maioria na Câmara dos Deputados, onde qualquer proposta republicana será chumbada e no Senado, controlada pelos conservadores, muitos senadores republicanos já se manifestaram que Joe Biden é o Presidente eleito.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG