Links de Acesso

Líder da oposição ugandesa está nos Estados Unidos


Bobi Wine numa cadeira de rodas no aeroporto de Entebbe a caminho dos Estados Unidos

Bobi Wine inicialmente impedido de deixar o Uganda veio para tratamento médico após "tortura brtual"

Um legislador ugandês alegadamente torturado pela polícia chegou aos Estados Unidos.

O músico e legislador Robert Kyagulanyi, conhecido como Bobi Wine, disse no twiter estar nos Estados Unidos mas não revelou onde.

O político ugandês escreveu que vai receber “tratamento especializado na sequência de tortura brutal” que recebeu às mãos das forças de segurança.

Na Quinta-feira à noite a polícia tinha preso Kyagulanyi e o seu colega da oposição Francis Zaake quando estes tentavam saír do país. Zaake encontrava-se a caminho da India.

Ambos foram levados para um hospital e um advogado dos dois disse que o director dos serviços criminais lhe tinha afirmado que devido ao facto de ambos os legisladores terem afirmado que tinham sido torturados precisavam de ser examinados por médicos do governo.

Os médicos examinaram Kyagulanyi mas não Zaake.

Kyagulanyi foi mais tarde libertado mas Zaake aparentemente permanece hospitalizado

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG