Links de Acesso

Kwanza Sul: Ex-diretor do gabinete do governador e dois funcionários detidos por suspeita de peculato


O Serviço de Investigação Criminal (SIC) de Angola deteve na segunda-feira, 13, o ex-director de gabinete do governador da província de Kwanza Sul, Gildo Venâncio Ferreira e dois dos seus colaboradores.

Ferreira havia sido demitido semanas atrás.

O diretor provincial do SIC do Kwanza Sul, sub-comissário Oliveira da Silva, confirmou a detenção de Gildo Venâncio Ferreira que disse estar “implicado num presumível crime de peculato, de violação das normas de execução do plano e orçamento”.

Oliveira da Silva disse que, enquanto diretor de gabinete, “teve uma relação com a sua empresa, onde eram depositados alguns valores, mesmo sem prestar qualquer tipo de serviço”.

“Os valores por enquanto não podemos dizer porquanto é preciso fazer a sua contabilização”, acrescentou o sub-comissário.

Caso seja considerado culpado Gildo Ferreira faz face a uma pena de prisão de 2 a 16 anos

Oliveira da Silva negou alegações que o SIC esteja envolvido numa campanha deperseguição contra dirigentes locais afirmando que os serviços “estão fazer o seu papel”.

“Só combatendo a corrupção é que se poderá de facto dar maior credibilidade ao próprio Estado”, sublinhou, concluindo que “quem não comete (crime) não é perseguido claro, se você cometeu, tem que responder pelos seus actos”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG