Links de Acesso

Julian Assange detido em Londres - pode levar até 12 meses de prisão

update

Julian Assange à chegada do Tribunal dos Magistrados de Westminster, depois da detenção em Londres, 11 de Abril, 2019.

A polícia britânica deteve nesta quinta-feira, 11, o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, na embaixada do Equador, em Londres, onde estava refugiado desde 2012.

Um juiz britânico considerou Assange, 47 anos, culpado por ter violado os termos da liberdade condicional, acusação que pode levar até 12 meses de prisão. o fundador do WikiLeaks vai voltar a tribunal a 2 de Maio.

A detenção aconteceu depois de o Presidente equatoriano, Lenin Moreno, ter suspendido o asilo porque, segundo ele, Assange violou repetidas vezes os termos acordados para permanência na embaixada.

Numa primeira reacção, o WikiLeaks disse que a decisão do governo do Equador foi "ilegal".

O Presidente equatoriano acrescentou que, em documento, o Governo britânico assegurou que Assange nunca será extraditado para um país onde possa ser torturado ou condenado à pena de morte.

O australiano fundador do site WikiLeaks, que se destacou por divulgar dados confidenciais e da segurança de vários Estados, refugiou-se na embaixada do Equador em 2012 para evitar ser extraditado para a Suécia, onde ele enfrentava um processo por abuso sexual.

O caso foi arquivado em 2017, mas ele manteve-se asilado por haver um processo contra ele no Reino Unido, por falta de pagamento de uma fiança, e uma acção nos Estados Unidos pela divulgação de documentos sigilosos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG