Links de Acesso

Jornalista angolano processado num caso já decidido pelo tribunal


Mariano Brás responde por um artigo publicado em 2012

O jornalista angolano Mariano Brás vai ser julgado no próximo mês no Tribunal Provincial de Luanda, Dona Ana Joaquina, acusado, de ter publicado uma notícia "injuriosa, difamatória e caluniosa" contra a imagem e o "bom-nome" do empresário libanês Kassem Hammoud, vulgo Castro, e um funcionário seu, José Francisco António Eduardo dos Santos.

O artigo teve por titulo ‘’A história do inquilino que não paga renda há quatro anos’’.

“Eu publiquei a matéria em 2012, fui julgado em 2013 e por decisão do tribunal fui obrigado a publicar o direito de resposta desses mesmo europeus, por orientação do tribunal e agora a outra parte está a processar-me", explicou Brás, que diz não entender como é que mais uma vez vai ao tribunal.

Recorde-se Mariano Brás foi absolvido, juntamente com o jornalista Rafael Marques pelo Tribunal Provincial de Luanda, num caso em que foram acusados dos crimes de difamação e injúria contra a figura do antigo Procurador-Geral da República (PGR) Joao Maria de Sousa.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG