Links de Acesso

Jornal americano diz que Presidente Trump autorizou mas suspendeu ataque contra o Irão


Aviões e navios preparavam retaliação a derrube de drone americano

O jornal New York Times revelou que o Presidente americano Donald Trump, aprovou na quinta-feira, 20, um ataque contra o Irão em retaliação ao derrube de um drone dos Estados Unidos, mas suspendeu a ordem quando aviões e navios tinham começado a posicionar-se.

A publicação cita fontes da Administração que, sob anonimato, confirmam que o ataque destinava-se vários alvos iranianos, como radares ou baterias de mísseis.

As mesmas fontes disseram desconhecer as razões da suspensão.

A Administração Trump ainda não se pronunciou sobre o tema, o que, para observadores, indica que a informação é verdadeira.

Derrube de drone

Ontem, o Irão revelou ter abatido um drone americano no seu espaço aéreo, mas os Estados Unidos disseram que o aparelho militar encontrava-se no espaço aéreo internacional.

Em reacção, o Presidente americano considerou que o Irão tinha feito “um enorme erro” e, questionado por jornalistas se pensava atacar o país, disse que “mais tarde vão saber”.

Hoje, o Governo iraniano informou ter enviado alertas ao drone antes de o abater.

O ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohamad Yavad Zarif, afirmou que o aparelho decolou dos Emirados Árabes Unidos "em modo oculto e violou o espaço aéreo iraniano".

"Recuperamos os destroços do aparelho militar americano nas nossas águas territoriais, onde foi derrubado", escreveu Zarif na sua conta oficial do Twitter.

Teerão anunciou que vai à ONU mostrar que o drone americano que derrubou havia entrado no seu espaço aéreo, ao contrário da versão americana.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG