Links de Acesso

Joe Biden garante que não vai levantar sanções contra a o Irão


Joe Biden, Presidente americano

O Presidente americano Joe Biden afirmou que não suspenderá as sanções económicas contra o Irão, a menos que o Governo de Teerão reduza o enriquecimento de urânio ao nível do definido pelo Acordo de 2015, que visava restringir o desenvolvimento de armas nucleares.

Em entrevista à cadeia televisiva CBS News, Biden disse que pretende aderir ao tratado nuclear com o Irão, do qual o anterior Presidente Donald Trump retirou os Estados Unidos.

O pacto permitiu ao Irão enriquecer urânio num nível de concentração de 3,67%, mas, desde meados de 2019, Teerão enriqueceu o produto para um nível de 4,5% e, no mês passado, para 20%, o nível que havia alcançado antes do acordo.

Na entrevistaJoe Biden afirmou que não falou com o Presidente chinês Xi Jinping, embora o tenha feito com vários outros líderes mundiais.

"Não havia razão para não ligar para ele", reconheceu o Presidente, acrescentando, no entanto, que as relações entre os países serão diferentes das que existirem durante a Administração Trump.

“Ele é muito inteligente, ele é muito duro”, disse Biden sobre Xi, lembrando, no entanto, que " ele não tem um osso D pequeno e democrático no seu corpo”.

“Eu sempre lhe disse que não precisamos ter um conflito”, lembrou Biden em referência às discussões mantidas com o Presidente chinês durante o mandato de Obama.

“Eu não vou fazer do jeito que Trump fez, vamos nos concentrar nas regras internacionais", concluiu Joe Biden.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG