Links de Acesso

Joe Biden diz que vai perseguir qualquer empresa que se beneficiar ilegamente da ajuda de emergência


Joe Biden

O candidato democrata à Presidente americano, Joe Biden, alertou nesta terça-feira, 12, que investigará qualquer pessoa ou empresa que receba dinheiro do pacote de apoio de emergência de trilhões de dólares destinado a mitigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus.

O antigo vice-Presidente chamou a atenção para a forma como a Administração Trump está a administrar os fundos, depois de várias empresas milionárias terem recebido dinheiro que, ao abrigo da lei, destina-se a ajudar pequenos negócios a sobreviverem ao isolamento.

“Permitam-me emitir um alerta agora mesmo a qualquer um que participe dos brindes corruptos do presidente Trump e seu Governo”, disse Biden num comunicado em vídeo.

Ele acrescentou que, se eleito, indicará um inspetor-geral “para analisar qualquer empréstimo de estímulo dado a qualquer privilegiado político ou de grande empresa. Cada um deles”.

Ainda segundo Biden, o inspetor-geral terá autoridade para encaminhar possíveis irregularidades de uma companhia ou empresário à justiça.

“Todo o dólar que for para alguém que não o merece por lei, todo o dólar tomado de forma corrupta, nós o encontraremos, iremos buscá-lo e puniremos os infratores”, concluiu o adversário de Donald Trump na eleições de 3 de novembro.

Desde o início de março, o Congresso aprovou ajudas no valor total de três trilhões de dólares para minimizar o impacto económico nos cidadãos e empresas, no momento em que a taxa de desemprego, em abril, chegou a 14,7 por cento.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG