Links de Acesso

Joe Biden anuncia primeiro pelotão do seu Governo


Os escolhidos de Biden
Os escolhidos de Biden

Primeiro latino à frente da Segurança Interna e primeira mulher como Directora Nacional de Segurança são destaques

O Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, indicou na segunda-feira, 23, alguns dos principais nomes do seu Governo, depois de no domingo ter sido praticamente confirmado o nome de Anthony Blinken para secretário de Estado.

Os escolhidos deixam transparecer a arquitectura de uma Administração experiente, com pessoas de longa tradição no serviço público e nos respectivos sectores, mas com novidades que revelam a diversidade por ele anunciada.

Biden vai nomear a primeira mulher para o cargo de Director Nacional de Inteligência e o primeiro latino para o importante cargo de secretário da Segurança Interna, que se encarrega da política migratória.

A ex-vice-directora da CIA, Avril Haines, será a a primeira mulher a liderar a comunidade de inteligência americana.

Natural de Cuba, Alejandro Mayorkas, ex-secretário adjunto do Departamento de Segurança Interna, vai assumir a pasta, sendo assim o primeiro latino no cargo.

Ainda no sector de segurança, Jake Sullivan, de 43 anos de idade, será o novo Conselheiro de Segurança Nacional.

Entre outras importantes nomeações consta a de Linda Thomas-Greenfield, diplomata com 35 anos de carreira e sub-secretária de Estado para Assuntos Africanos durante o último mandato de Barack Obama, que vai ser a embaixadora junto das Nações Unidas.

Depois de ter erguido a bandeira da luta contra as mudanças climáticas durante a campanha, Joe Biden nomeou, pela primeira vez um “czar” para o clima.

O antigo senador, ex-candidato presidencial e secretário de Estado na Administração Obama, John Kerry, foi o escolhido como enviado presidencial especial para o Clima e fará parte do Conselho de Segurança Nacional

É a primeira vez que o NSC incluirá um enviado dedicado às mudanças climáticas, o que, segundo a equipa de Biden, reflecte o compromisso do Presidente eleito de abordar as mudanças climáticas como uma questão urgente de segurança nacional.

Os primeiros indicados reúnem altos funcionários da Administração Obama e a maioria trabalhou em conjunto no Departamento de Estado e na Casa Branca.

No sector da economia, a secretária de Tesouro será Janet Yellen, antiga presidente do banco central entre 2014 e 2018.

Nesta terça-feira, 24, Joe Biden deve confirmar estes nomes e anunciar outros que vão fazer parte da sua Administração a partir da sua posse a 20 de janeiro de 2021.

XS
SM
MD
LG