Links de Acesso

João Lourenço: mais e menos em três anos na Presidência angolana


João Lourenco conferência de imprensa, 18 setembro 2018

Na hora do balanço dos três anos de governação do Presidente angolano, João Lourenço, o combate à corrupção e à impunidade reúne a unanimidade dos pontos de vista dos analistas contactados pela VOA como sendo a melhor medida por ele tomada.

Do outro lado, o fracasso das políticas económicas e sociais que resultaram num maior empobrecimento dos angolanos é visto como o resultado mais negativo de Lourenço.

O analista Ilídio Manuel acrescentaàs medidas positivas, “a transmissão em direto dos debates parlamentares e o sentido de reconhecimento do erro que resultou na suspensão de algumas decisões anteriormente tomadas”.

Entretanto, Manuel não poupou críticas ao Presidente em relação ao fracasso das medidas económicas, o adiamentodas autárquias e no setor da imprensa.

Para o diretor executivo da Rede Terra Angola, Bernardo Castro, o Presidente tomou mais“medidas desastrosas” do que acertadas e positivas, a começar pelo não reconhecimento e registo das terras a favor das comunidades rurais.

Ele lembra também as medidas ineficazes para o combate à seca no sul do país e o fraco apoio dado às organizações não-governamentais não ligadas ao Governo.

Acompanhe a reportagem:

João Lourenço: mais e menos em três anos na Presidência angolana - 2:42
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:42 0:00


Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG