Links de Acesso

João Lourenço criticado por afirmar que direitos humanos são respeitados


Presidente da República de Angola, João Lourenço, em Paris.

O presidente angolano João Lourenço defendeu em França a situação de direitos humanos em Angola afirmando também que as cargas policiais contra manifestantes não violam esse mesmos direitos.

A declaração foi criticada em Angola pelo líder da ONG SOS Habitat, André Augusto que lembrou que os direitos humanos não de circunscrevem às manifestações de rua e que no país há muitos outros direitos cívicos que são violados todos os dias.

Para o responsável pelos direitos humanos da UNITA, Joaquim Nafoia, o Presidente da República foi infeliz nas suas declarações.

Nafoia considera que as declarações do Presidente da República não reflectem a mudança que se esperava do novo governo.´

Por seu turno, o responsável da associação Mãos Livres, Salvador Freire disse que a visão que o Presidente da República tem sobre os direitos humanos difere da que tem a sociedade civil.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG