Links de Acesso

João Lourenço aceita demissão do comandante-geral da Polícia Nacional


João Lourenço nomeou novo comandante

Alfredo Eduardo Manuel Mingas "Panda" pediu demissão depois de se ver envolvido num acidente de viação que resultou em duas mortes

O Presidente angolano João Lourenço aceitou nesta terça-feira, 31, o pedido de demissão do comandante-geral da Polícia Nacional (PN), Alfredo Eduardo Manuel Mingas "Panda", como a VOA informou anteriormente.

O Comissário-Chefe, Paulo Almeida, número dois na hierarquia da corporação, foi nomeado para o cargo, de acordo com uma nota da Casa Civil enviada às redacções.

Para o lugar de 2º. Comandante,foi nomeado o Comissário-Chefe António Pedro Joaquim Kandela, que dirigia a Polícia de Guarda Fronteiras da Polícia Nacional.

O pedido de demissão de Alfredo Eduardo Manuel Mingas “Panda” foi feito seis dias depois de se ver envolvido num acidente de viação em que o carro em que seguia embateu contra um veículo e provocou a morte de duas pessoas.

“Panda” esteve internado durante três dias no hospital e regressou ao trabalho ontem.

Procurado pela VOA no seu gabinete, a secretária dele informou que não estava disponível para prestar declarações.

Entretanto, Domingos Benvindo, tio paterno da malograda Noémia Adelina Katuliche, de 22 anos de idade, em declarações à VOA pediu a criação de uma comissão de inquérito independente para averiguar a responsabilidade do acidente.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG