Links de Acesso

Isaías Samakuva denuncia violação dos direitos humanos nas Lundas


Líder da oposição que liberdade de expressão é crime no leste de Angola

O presidente da UNITA, principal partido da oposição em Angola, denunciou a violação de direitos humanos nas províncias da Lunda Norte e Lunda Sul

“A liberdade de expressão e a de manifestação consagrada na lei constitucional ainda é entendida como crime nesta parcela do território nacional”, afimrou Isaías Samakuva nesta segunda-feira, 1, em entrevista à VOA, na qual cita a prisão de 11 activistas e os dois sobas e o secretário da UNITA atingidos por arma de fogo pelas forças policiais na Lunda Norte.

Num encontro com sobas no Leste de Angola, as autoridades tradicionais queixaram-se das violações dos direitos humanos e manifestaram a Samakuva "as muitas dificuldades que enfrentam".

O presidente da UNITA tem visitado várias províncias para auscultar a necessidade das populações e preparar o partido para as eleições autáquicas.

Ouça a reportagem:

Samakuva denuncia violações de direitos humanos no leste - 2:11
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:11 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG