Links de Acesso

Huíla: Sete agentes da polícia expulsos


Corporação defende postura dos seus agentes

Sete agentes da Polícia Nacional na província da Huíla receberam ordens de expulsão no primeiro semestre do corrente ano por má conduta, revelaram as autoridades.

Huíla: Vários polícias expulsos da corporação - 1:29
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:29 0:00

A insubordinação e os comportamentos que não dignificam um agente da autoridade estiveram na base da mão dura, segundo fez saber o porta-voz do comando da Huíla da Polícia Nacional, Carlos Alberto.

«São indivíduos que estão na corporação e usam o nome da corporação para benefícios próprios e pelo regulamento disciplinar que nós temos eles são indiciados em crimes que cometem e no âmbito da justiça merecem julgamento e pena correcional, mas no âmbito disciplinar são expulsos», afirmou

A medida drástica contra os agentes da Polícia Nacional surge numa altura em que só no primeiro trimestre de 2018, três cidadãos morreram vítimas de crimes com envolvimento de elementos da corporação.

O activista Bernardo Moisés Peso, saúda a punição e entende que a Polícia enquanto agente administrativo do Estado com deveres especiais rege-se de um regulamento que não pode ser violado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG