Links de Acesso

HRW diz que violações contra direitos humanos continuam em Angola, mas vê alguma esperança


Organização diz que liberdade de imprensa está ameaçada, mas aguarda pelo cumprimento das promessas de Lourenço

A situação dos direitos humanos em Angola preocupa, com violações a vários níveis, enquanto a liberdade de imprensa está ameaçada com a lei aprovado no ano passado, revela a Human Rights Watch (HRW) no seu “Relatório Mundial 2018: Luta pelos Direitos Tem Sucesso”, divulgado nesta quinta-feira, 18, em Paris.

A organização de defesa dos direitos humanos destaca, no entanto, uma luz de esperança com as promessas do Presidente João Lourenço de combater a corrupção e a má gestão dos dinheiros públicos.

O relatório considera que a posse de João Lourenço pôs fim a quase quatro décadas de um “regime repressivo” de José Eduardo dos Santos, mas lembra que apesar de as eleições terem sido considerados pacíficas, ficou marcada por “severas restrições” às liberdades de expressão e de associação e pelo acesso limitado à informação devido à acção “repressiva e censória” do Governo.

A nova lei de imprensa é apontada pela HRW como sendo uma ameaça à liberdade de imprensa.

Angola, de acordo com o relatório,continua a ser palco de abusos e uso excessivo da força por parte das diferentes unidades de segurança, intimidações e detenções arbitrárias de participantes em manifestações pacíficas.

A HRW aguarda, no entanto, a confirmação das promessas de João Lourenço, nomeadamente na luta contra a corrupção e impunidade e na criação de uma sociedade aberta e livre.

Zenaida Machado investigadora da Human Rights Watch para Angola e Moçambique disse haver sinais positios desde a subida à presidência de João Lourenço mas fez notar que o novo presidente só começou a governar em Setembro e que o relatorio abrande todo o ano de 2017. Ouça as suas declarações aqui:

Human Rights Watch comenata Angola - 2:22
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:22 0:00

Liberdade no Mundo, 2018
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:49 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG