Links de Acesso

Guterres pede combate urgente às mudanças climáticas


António Guterres está na Beira, Moçambique

Em Moçambique, o secretário-geral das Nações Unidas António Guterres voltou a defender nesta sexta-feira, 12, a necessidade imperiosa de um maior e mais rápido combate às mudanças climáticas, ao visitar o Centro de Reassentamento de Mandruzi, no distrito de Dondo, na província de Sofala.

Em breves declarações aos jornalistas, Guterres lembrou que “sempre houve ciclones, mas nunca foram tão fortes, tão frequentes, tão intensos e com tantas devastadoras consequências” e, por isso, defendeu a necessidade “de ouvir o que a comunidade científica nos diz, de que não podemos permitir um aumento da temperatura superior a 1,5 grau até ao fim do século”.

O secretário-geral apelou ao cumprimento da “neutralidade do carbono, ou seja, que as emissões sejam compensadas ao grau zero pelas florestas e outros medidas até 2050”.

António Guterres está na Beira, a cidade mais afectada pela passagem do ciclone Idai em Março e tem visitado estrutura e falado com as populações.

No final da visita, o secretário-geral falará à imprensa, devendo na altura voltar a fazer um apelo à comunidade internacional para que envie urgentemente as doações prometidas para Moçambique.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG