Links de Acesso

Guiné-Bissau: Presidente Embaló lamenta morte de Dom Pedro Carlos Zilli


Úmaro Sissoco Embaló, Presidente da Guiné-Bissau

O Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, lamentou, a morte, esta quarta-feira (31.03.), devido à doença, do Bispo da Diocese de Bafatá, leste da Guiné-Bissau, Dom Pedro Carlos Zilli.

Em comunicado do seu Gabinete de Comunicação e Relações Públicas, Umaro Sissoco Embaló, acredita que o Pedro Zilli “deixa memórias de dedicação e de que os guineenses vão saber honrar a sua memória e reforçar o seu espírito de diálogo, reconciliação e de oração, para que Deus abençoe a Guiné-Bissau”.
Sissoco Embaló considera a morte do Bispo de Bafatá “grande perda” e diz-se solidário com a comunidade católica.

Dom Pedro Carlos Zilli, nascido em 7 de outubro de 1954, no Brasil, é o primeiro bispo da diocese de Bafatá.

Zilli prestou seus votos em 6 de julho de 1984 e recebeu a ordenação sacerdotal em 5 de janeiro de 1985, em Ibiporã, e logo após foi enviado para a Guiné-Bissau, tornando-se vigário paroquial na missão de Bafatá.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG